Separamos nossos seis favoritos para o Brasileirão da Série B?

 

Com equipes que já brilharam na Primeira Divisão do Brasileiro, e outros com torcidas tão gigantes quanto as do primeiro escalão, a disputa no Brasileiro da Série B promete.

Além disso, diversas são as rivalidades.

E após 38 rodadas, dos 20 times, ao final da competição apenas quatro vão garantir o acesso para a Série A.

Por isso tivemos a difícil missão de eleger seis equipes que acreditamos serem as favoritas para ficarem nas primeiras colocações.

RB Bragantino

O clube paulista chamou a atenção nos últimos meses por parceria firmada com a empresa Red Bull.

Agora “Red Bull Bragantino”, junta a grana para investir de um, com a história e tradição de outro – que conta com um título Paulista em 1990, e o vice Brasileiro em 1991.

Clube que normalmente entraria na competição para não cair, conta agora com Antônio Carlos Zago como treinador, e é um dos favoritos para também ficar com o título.

A parceria inédita de clube/empresa a primeira concretização deve ser o acesso para o Série A.

Sport-PE

Rebaixado em 2018 por apenas um ponto de diferença do 16º colocado, o Sport atuou pela última vez na Série B em 2013.

Nesta temporada o time conta com aproveitamento acima de 70%, com grande esperança nos gols de Hernane Brocador, ex-Flamengo.

Um dos pontos forte do clube é a torcida e o Estádio Ilha do Retiro.

Se torcida e clube andarem juntos, dificilmente o time continua na Série B do próximo ano.

O escolhido para levar o time de volta ao primeiro escalão nacional é ótimo Guto Ferreira.

Londrina

Nas últimas temporadas o Londrina fez boas campanhas na Série B e aposta suas fichas neste ano para subir.

Eliminado na semifinal do Campeonato Paranaense pelo Coritiba, o Tubarão foi bem na Copa do Brasil.

Chegou na 4ª fase e perdeu para o Bahia, de Roger Machado.

Por essa campanha embolsou quase R$ 5 milhões pela participação, quantia que dará tranquilidade ao clube para o resto da temporada.

Atlético-GO

Time que sempre dá seus pulos na Série A do Brasileiro, venceu a Série B em 2016, mas logo caiu no ano seguinte.

Após quase conseguir o acesso em 2018, faz uma temporada atual muito boa.

Campeão no Goianão depois de bater o Goiás, o time foi eliminado pelo Santos na Copa do Brasil em duas partidas equilibradas.

Wagner Lopes, treinador do Dragão desde 2018, é o grande trunfo para conquistar o acesso.

Ponte Preta

Quinta colocada na edição passada da Série B, a Ponte Preta só não subiu por ter o número de vitórias menor que o 4º colocado.

A aposta é no treinador Jorginho que, depois de contratado, melhorou o desempenho da Macaca na temporada que não estava nada bem.

O destaque do time é o ídolo Roger, que volta ao clube onde foi revelado depois de passagens por gigantes na carreira como Corinthians e São Paulo.

Coritiba

Campeão Brasileiro em 1985, o Coxa é um dos times mais tradicionais nesta Série B.

Após sete anos seguidos na Série A, a má gestão no clube o levou a quedas que parecem difíceis de digerir para o torcedor.

E a situação piora quando o grande rival, Athlético-PR, segue em ótima fase na primeira divisão, vencendo e disputando torneios internacionais como a Sul-Americana e a Libertadores.

Fora da final do paranaense neste ano, o Coritiba aposta no trabalho de Umberto Louzer e no ídolo Rafinha, que retornou ao clube onde se destacou para o cenário nacional.

O time é jovem, mas se pegar confiança e a torcida ir junto, não há dúvidas que uma das vagas já tem dono.

 

FOTO: FACEBOOK.COM/BRAGANTINO

Notícias mais recentes