Quem são os favoritos para serem rebaixados na Premier League 2019/2020?

Uma das competições mais disputadas de todo o mundo do futebol é a Premier League, a primeira divisão nacional inglesa. Com diversos clubes centenários e tradicionais, fica até complicado fazer uma lista com os possíveis candidatos ao rebaixamento.

Um exemplo dessas chamadas “zebras” é o Wolverhampton, equipe que ficou na sétima posição da Premier League na temporada passado e se garantiu na Europa League. Podemos dizer que o Wolver fez um torneio espetacular, se lembrarmos que a Premier League tem, ao menos, seis gigantes do futebol mundial.

Para a temporada  2019/2020 listamos aqui quatro equipes como candidatas a uma das três vagas que serão rebaixadas para a Premiership, a segunda divisão inglesa. Norwich City, Sheffield, Burnley e Brighton & Home Albion são, pelo menos no papel, as favoritas para serem rebaixadas.

Também podemos colocar nesta lista outras equipes, como: Aston Villa, Bournemouth.

Quem conquistou o acesso na última temporada?

A EFL Championship, que é a segunda divisão inglesa, tem um formato muito interessante para definir as três equipes que sobem para a primeira divisão. As 24 equipes dessa divisão duelam em turno e returno, sendo que os dois primeiros garantem o acesso direto. Do terceiro ao sexto, as equipes disputam o Playoff da promoção, que será definida mais uma vaga de acesso.

Na última temporada, o Norwich City (94 pontos) e o Sheffield United (89 pontos) foram primeiro e segundo colocados na competição. Leeds United (83 pontos), West Bromwich (80 pontos), Aston Villa (76 pontos) e Derby County (74) foram para os playoffs, na luta pela última vaga.

Nos playoffs, o Derby County passou pelo Leeds, perdendo na ida por 1 a 0 e vencendo na volta por 4 a 3. Já o Aston Villa eliminou o West Bromwich nos pênaltis, após vencer na ida por 2 a 1 e perder na volta por 1 a 0. Na decisão, 2 a 1 para o Aston Villa, que garantiu o seu acesso à Premier League.

Equipes rebaixadas na última temporada da Premier League

Na temporada 2018/19 da Premier League, acabaram rebaixados o Cardiff, Fulham e o Huddersfield. O primeiro, ficou em 18º lugar com 34 pontos, apenas dois a menos que o Brighton, que conseguiu se livrar, mas já entra como um dos possíveis candidatos para esta edição. A equipe teve 10 vitórias, 4 empates e 24 derrotas em 38 jogos. Balançou as redes 34 vezes e foram vazados 69 vezes. Ficando com um saldo negativo de -35.

O Fulham não teve forças nem sequer para brigar até o fim. Com 26 pontos, a equipe venceu apenas sete jogos, empatou cinco e perdeu 26. Com 34 gols feitos e 81 marcados, a equipe ficou com saldo negativo de 47, além do “prêmio” de pior defesa da temporada.

Já o lanterna, o time do Huddersfield, fez história, pensando pelo lado negativo. Foram apenas três vitórias e sete empates, além de 28 derrotas, o que resultou em 16 pontos. No saldo de gols, 54 negativos, com uma defesa que levou 76 e o pior ataque da Premier League, com 22 gols feitos.

Destaques e mercados dos favoritos ao rebaixamento:

– Brighton & Home Albion

O principal destaque desta centenária equipe, fundada em 1901, é o francês Anthony Patrick Knockaert. Meia de 27 anos, na última temporada pela Premier League, o jogador entrou em campo 30 vezes. Anotou dois gols e contribuiu com seis assistências.

Já chegaram para a disputa desta temporada dois reforços: Matt Clarke chegou do Portsmouth,por 5 milhões de libras, e Leandro Trossard chega do Genk, por 15 milhões.

– Norwich City

Com 116 anos de história, fundado em 1902, no Norwich City, o meio-campista Matthew Jarvis é o jogador de maior qualidade no elenco. Com experiência, o inglês de 33 anos controla o jogo e procura organizar as jogadas ofensivas da sua equipe.

O time vem se reforçando para ter um elenco mais qualificado. Já chegaram Patrick Roberts (Manchester City, empréstimo); Daniel Adshead (Rochdale, não revelado); Josip Drmic (Borussia Mönchengladbach, free-agent); Archie Mair (Aberdeen, não revelado); Rob Nizet (Anderlecht, não revelado); Rocky Bushiri (KV Oostende, não revelado); Ralf Fährmann (Schalke 04, empréstimo); Aidan Fitzpatrick (Partick Thistle, £350.000); Charlie Gilmour (Arsenal, free-agent).

– Burnley Football Club

Fundado em 1882, no Burnley o principal destaque é o goleiro Joe Hart, famoso por defender o Manchester City em 347 partidas. O jogador inclusive já participou de duas Copas do Mundo. Em 2010 foi reserva e, em 2014 foi o titular do English Team. Saiu do Manchester City após chegada de Pep Guardiola.

Foram contratados até aqui Joel Senior (Curzon Ashton, não revelado); Erik Pieters (Stoke City, não revelado); Jay Rodriguez (West Bromwich Albion, £10m).

– Sheffield United

Billy Sharp é o principal destaque do Sheffield United, time fundado em 1889. O jogador de 33 anos anotou 24 gols e contribuiu com 4 assistências em 41 jogos na última temporada.

Até aqui já chegaram Luke Freeman (Queens Park Rangers, £5m); Phil Jagielka (Everton, free-agent); Callum Robinson (Preston North End, £8m).

 

E ai, gostou do nosso artigo? Então deixa seu comentário para a gente e nos dê sugestões de pautas!

 

Foto crédito: Facebook.com/officialburnleyfc

Notícias mais recentes