NBA All-Star Game 2019: Tudo sobre o evento!

NBA All-Star Game 2019: Tudo sobre o evento

Relembre como foi o evento na sua última edição!

 

Um dos eventos mais aguardados pelos fãs de basquete é o All-Star Game da NBA. O mesmo é realizado uma vez por temporada, reunindo os maiores craques da liga e também convidados.

E como não poderia deixar de ser, a edição de 2019 foi surpreendente, com grandes jogadas e disputas que, com certeza, serão lembradas por muito tempo. Já a de 2020 aguarda grandes surpresas, com a sua data de evento definido!

NBA All-Star Game: o evento

O NBA All-Star Game é um dos eventos mais esperados da temporada regular da NBA. Em três dias, os principais destaques da liga se encontram para as mais emocionantes disputas.

Entre os eventos mais aguardados pelo público está o jogo das estrelas, dois times montados com os melhores da atualidade, além do já clássico, torneio de enterradas.

O primeiro NBA All-Star Game foi realizado no dia 2 de março de 1951, na cidade de Boston. Na época, a ideia era ganhar a atenção do público para este esporte que começava a se destacar em território norte-americano.

NBA All-Star Game 2019: Como foi?

Evento realizado entre os dias 15 e 17 de fevereiro de 2019, aconteceu no Spectrum Center, no ginásio do Charlotte Hornets. Espaço com capacidade superior a 20 mil lugares, estava tomado para este evento. O mesmo é localizado em Charlotte, Carolina do Norte.

O evento contou com uma novidade pelo segundo ano seguido. Selecionando dois capitães (LeBron James e Giannis Antetokounmpo), as duas super estrelas esmos fizeram um draft, selecionando os jogadores para as suas equipes. Esta situação parece que, cada vez mais, tende a aumentar a rivalidade entre os jogadores e suas respectivas “panelas”.

O jogo das estrelas: James x Antetokounmpo

Diferente de outros anos, onde existia uma disputa de conferência, pelo segundo ano seguido o jogo das estrelas contou com dois capitães.

O “King” LeBron James, do Los Angeles Lakers, e Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks, foram escolhidos como os “treinadores”, após votação de jornalistas e populares. Além deles, foram definidos todos os jogadores que ficaram à disposição, para que então fosse feito um “draft”.

No “Time LeBron”: Kyrie Irving, Kevin Durant, Klay Thompson, Kawhi Leonard e James Harden, entre outros. Já no “Time Giannis”: Russell Westbrook, Stephen Curry, Paul George, Joel Embiid e Kemba Walker, entre outros.

Kevin Durant foi o MVP do Jogo das Estrelas!

Cada time ainda teve um medalhão, jogadores mais experientes, que foram homenageados por estarem em seu último ano de NBA. Dirk Nowitzki foi para o time do grego, enquanto Dwyane Wade reeditou a dupla com “papai” Lebron.

Os treinadores foram Michael Malone, do Denver Nuggets, no time do King, e Mike Budenholzer, do Milawukee Bucks, no time de Antetokounmpo.

Quando a bola subiu, o time Giannis fez logo no primeiro período 53 pontos, abrindo uma larga vantagem. Porém, o Time LeBron contou com um segundo tempo perfeito, e fechou o jogo em 178 a 164. Com 31 pontos e 7 rebotes, Kevin Durant (foto) foi eleito o MVP do jogo das estrelas.

Desafio dos 3 pontos: Harris bate Curry

O desafio dos três pontos é uma das modalidades mais esperadas. O último All-Star colocou na disputa 10 atletas especialistas da linha dos três. Stephen Curry, Seth Curry, Kemba Walker, Dirk Nowitzki, Damian Lillard, Devin Booker, Dani Green, Buddy Hield, Khris Middleton e Joe Harris, eram os competidores.

Após a primeira rodada, se classificaram para a final Buddy Hield, Stephen Curry e Joe Harris. O astro do Golden State Warriors era o grande favorito, e anotou incríveis 24 pontos. Mas Joe Harris foi melhor, conseguiu 26 e ficou com o título.

Desafio de habilidades: o surpreendente Jayson Tatum

No desafio de habilidades são selecionados oito competidores. Na temporada passada foram: Luka Doncic, Kyle Kuzma, Trae Young, Jayson Tatum, Mike Conley, Nikola Vucevic, Nikola Jokic e De’Aaron Fox.

Eles tinham que passar por uma série de desafios, em um circuito cheio de obstáculos, na qual premiava quem passasse por todos e finalizasse com uma cesta.

Após as quartas e semifinais, Trae Young e Jayson Tatum se classificaram para a decisão. Young foi mais rápido, e quando armou o arremesso da linha de três, foi surpreendido por um arremesso do meio da quadra de Tatum, que converteu e ficou com o prêmio.

Torneio das enterradas: Clássico torneio!

Torneio das enterradas!

Esse é um dos maiores shows, e na última temporada não foi diferente. Os concorrentes no torneio foram Dennis Smith Junior, Miles Bridges, John Collins e Hamidou Diallo.

Na final, Dennis Smith Jr acabou perdendo para Hamidou Diallo, do Oklahoma City Thunder. Mas o que marcou o desafio de enterradas foi o ato do próprio na fase classificatória. Diallo simplesmente saltou por cima de Shaquille O’Neal, um dos maiores jogadores da história da NBA e que tem 2,16 metros de altura.

A criatividade dele calou todos os críticos, que não apostaram em um “bom torneio” pelos nomes dos competidores nas enterradas.

Desafio dos Calouros

No desafio dos calouros, dois “treinadores” de peso. Kyrie Irving, então jogador do Celtics ficou no time EUA. No outro a lenda Dirk Nowitzki, que fazia sua última temporada na NBA, no Dallas Mavericks, ficou no time mundo.

Entre os atletas, De’Aaron Fox, do Sacramento Kings, Kyle Kuzma, do Los Angeles Lakers, Jayson Tatum, do Boston Celtics, Trae Young, do Atlanta Hawks, Ben Simmons, do Philadelphia 76’ers, Luka Doncic, Dallas Mavericks e muito mais.

O Time EUA venceu por 161 a 144. O cestinha foi Kyle Kuzma, com 35 pontos.

O jogo das celebridades

Como de costume, uma equipe da casa foi formada, com celebridades do estado onde é disputado o evento, neste caso, a Carolina do Norte.

Nessa equipe, tivemos nomes como o ex-jogador de futebol americano Steve Smith, o ator Mike Colter (Luke Cage), o rapper Rapsody. O comediante JB Smoove, a jogadora A’ja Riyadh Wilson (Las Vegas Aces, WNBA) entre outros.

Já no time “visitante”, o maior destaque foi Ray Allen, ex-jogador da NBA e um dos recordistas de arremessos de três pontos da liga.

Além dele, a jogadora Stefanie Dolson (Chicago Sky, WNBA), rapper Quavo (Migos) o dono do Milwaukee Bucks, Mike Lasry, também estiveram na equipe.

O resultado foi 82 a 80 para o time da casa, que contou com o comediante Famous Los como o MVP da partida, anotando 22 pontos. Ray Allen anotou 24 pontos e também foi destaque, assim como o também ex-atleta Jay Williams, que anotou 18 pontos.

O NBA All-Star Game 2020

O All-Star da NBA 2020 acontece de 14 a 16 de fevereiro, e será a 69ª edição do evento.

Dessa vez, o local que receberá toda a festividade será a Arena United Center, em Chicago, ginásio do Chicago Bulls. Esta será a terceira vez que o evento acontece na cidade. As outras foram em 1973 e 1988.

Os participantes das atividades e as equipes só serão conhecidos em meados de janeiro e, até lá, quem se destacar pode garantir um lugar no All-Star Game 2020 da NBA.

NBA All-Star Game 2020: Possíveis destaques

Giannis é o grande nome do Bucks

Alguns nomes devem perder o evento em 2020 por lesão, que são os casos de Kevin Durant, Klay Thompson e Stephen Curry. Porém, podemos citar 10 nomes que estarão tranquilamente abrilhantando este grande evento. Confira!

. LeBron James: Médias de 26 pontos, 7.8 rebotes e 10.5 assistências por partida.

. Giannis Antetokounmpo: Médias de 29.1 pontos, 14.1 rebotes, 7.2 assistências e 1.3 roubos por partida.

. Kawhi Leonard: Médias de 29 pontos, 8.1 rebotes, 5.4 assistências e 2.1 rebotes por jogo.

. Anthony Davis: Médias de 26.5 pontos, 10.5 rebotes e 3.0 tocos por jogo.

. Joel Embiid: Médias de 23.2 pontos, 12.4 rebotes e 3 assistências por partida.

. James Harden: Médias de 37.1 pontos, 5.6 rebotes e 8.2 assistências por jogo.

. Kyrie Irving: Médias de 31.9 pontos, 5.8 rebotes e 7.5 assistências por partida.

. Russel Westbrook: Médias de 21.4 pontos, 9.3 rebotes, 7.9 assistências e 1.8 roubos por partida.

. Kemba Walker: Médias de 24.5 pontos, 5.1 rebotes e 4.5 assistências por jogo.

. Luka Doncic: Médias de 27.7 pontos, 10.8 rebotes, 9.1 assistências e 1.2 roubos por jogo.

Os calouros do All-Star Game 2020

Zion Williamson era o principal candidato ao All-Star Game como calouro, porém, o jogador se lesionou e ainda não estreou na NBA. Se voltar jogando o que sabe, certamente será uma figurinha carimbada no evento.

Já Ja Morant, que também já foi draftado com muitas expectativas, no início de temporada vem correspondendo. Com médias de 18.9 pontos, 3.5 rebotes e 5.5 assistências, tem ótimo desempenho no Memphis Grizzlies, nesta 1ª temporada. Será um nome certo para o All-Star no jogo dos calouros.

A terceira escolha do draft deste ano, RJ Barrett, também é outro que iniciou bem. Até aqui, em sua campanha no New York Knicks, está com médias de 16.2 pontos, 6.3 rebotes e 3.9 assistências. Deverá ter o seu lugar assegurado entre os grandes destaques do jogo dos calouros. 

Com números um pouco mais modestos, De’Andre Hunter, do Atlanta Hanks, também deve ser um nome certo no jogo. Está com média de 8.3 pontos e 4.3 rebotes por partida em sua primeira temporada de NBA.

Aposte no All-Star Game da NBA!

Você sabe como fazer apostas nestes dias de All-Star Games? Então se liga nesse nosso guia.

Se você ainda não está por dentro das apostas esportivas e não sabe por onde começar, escolha uma das diversas casas de apostas. Na GoApostas Brasil temos um Ranking com as melhores do mercado brasileiro!

Após escolhida a casa de apostas do seu interesse, fizer o primeiro depósito e adquirir os possíveis bônus e promoções, chegou a hora mais divertida: APOSTAR!

Nas atividades individuais do All-Star Games, as apostas são “simples”, pois basta escolher quem será o vencedor, sem muito segredo. Já nas jogos das celebridades, calouros e das estrelas, as apostas são da mesma forma dos duelos das temporadas, com as mesmas opções.

Por se tratar de um evento festivo, as defesas não costumam ser muito intensas, então o jogo tem pontuação alta. Mas isso não significa em facilidade, já que ambos os times querem sair vencedores. 

Uma boa dica de aposta é no over cestas. Um exemplo: no penúltimo jogo das estrelas, a menor pontuação foi do “Time LeBron”. No primeiro quarto, fizeram “apenas” 31 pontos. Já a maior foi da mesma equipe, no segundo quarto, com 45 pontos. 

Já no último, a menor pontuação foi do time Giannis com 33 pontos no último período, e a maior de 53 pontos da mesma equipe, no primeiro quarto. Seguindo essa linha, acima de 30 pontos por equipe ou acima de 60 pontos por período é uma aposta considerada segura.

Melhores casas de aposta do Brasil

N0
Casa de Aposta
Estrelas
Depósito com
Bônus de Boas-vindas
Análise dos Especialistas
1a
Bet365 Esportes
5/5
Logo Master
logo VISA
Logo boleto
Astro pay logo
2a
LeoVegas Esportes
5/5
Pix logo
Logo Master
logo VISA
Logo PayPal
Logo Bitcoin
Logo Transferencia
Logo boleto
Logo Skrill
Astro pay logo
Logo Eco Payz
Melhore métodos pagamentos par as apostas
Pay4fun Icon Go Apostas Brasil
3a
4Rabet Esportes
4.9/5
Pix logo
Logo Transferencia
Inovapay Go Apostas Brasil
4a
F12 Bet Esportes
4.9/5
Pix logo
Logo Bitcoin