Apostas Esportivas: Um novo mercado de empregos será aberto!

Para quem gosta de esportes, certamente já se imaginou ganhando a vida nele. Seja como um atleta famoso, ou no meio de toda a indústria que o move. Podemos citar aqui, como parte essencial do desenvolvimento, a comunicação, a parte médica, de finanças, de treinamento, tecnologia, entre outros. São muitas as opções. E nas apostas esportivas a situação não é diferente.

Após sua legalização, as apostas esportivas já deram o primeiro boom neste ano de 2019 no Brasil. Diretamente relacionada ao mercado esportivo, possui potencial para gerar bilhões anualmente. E além de você poder se dar bem como apostador, também há toda uma indústria que irá se abrir com o crescimento deste mercado no país.

Neste artigo vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre como funciona o trabalho na indústria de apostas esportivas. E também como você pode buscar uma opção dentro dela. Imperdível!

Legalização faz mercado explodir em 2019

No final de 2018, Michel Temer, presidente do Brasil na época, aprovou a Lei 13.756/2018 em que legalizava as apostas esportivas no país. De forma provisória, mas deixando tudo encaminhado para que se torne definitiva.

Além disso, neste ano de 2019 as primeiras regulamentações também já saíram. Com prazo para definição de mais um ano.

Ato que já gerou uma grande mudança na presença das casas de apostas no esporte brasileiro, e principalmente dentro do futebol nacional. Já podemos observar diversas das casas estampadas em patrocínios de clubes e também dos principais torneios do país. 

Porém, para uma empresa ficar em evidência, é necessário todo um trabalho por trás dela. E é aí que muitos irão se encaixar.

Segundo um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a expectativa anual com a legalização das apostas é que o mercado movimente cerca de R$ 10 bilhões por ano no Brasil. É dinheiro para investir no esporte e também para criar um novo mercado de empregos no país.

Além da opção de se tornar um apostador profissional, diversas áreas serão abertas com a expansão das casas de apostas no Brasil. Dentre elas, podemos destacar: desenvolvedores e designers, publicidade on-line, marketing, e os famosos serviços profissionais.

Departamentos e cargos disponíveis

Com o crescimento do mercado digital, uma das profissões que mais estão em alta é a dos desenvolvedores e designers. Em uma casa de apostas eles também são peças fundamentais para o desenvolvimento do sistema. Todos que possuem este talento, podem se colocar na área, já que é uma das principais demandas nas plataformas dos portais.

Além de ser um mercado que existe por ser online, também é um mercado à frente quanto a questão dos desenvolvedores online. Precisam ter um sistema muito a frente, seja pela segurança, como também para os aplicativos e dispositivos que possuem para assegurar a melhor viagem ao usuário.

Outra questão chave, é a verificação antifraude, tarefa que garante a integridade das apostas esportivas. Os profissionais deste setor devem estar sempre atentos e ligados com tudo o que acontece nos eventos esportivos, buscando fiscalizar e manter tudo sobre controle para que as operações ocorram corretamente.

O setor de designer e programação é igualmente importante. O primeiro é o que desenvolve toda a parte gráfica da empresa, contribuindo para o portal e divulgação. Já o segundo é o responsável por manter o site e aplicativo disponíveis a todo momento, com funções que facilitam a vida do apostador.

. Mercado Digital

Outras duas profissões que, com a alta do mercado digital, também irão se destacar com as apostas esportivas é a do marketing e da publicidade. Principalmente as pessoas com especializações. Não é segredo que, uma das áreas que as casas de apostas mais investem é na publicidade. Ela necessita de profissionais criativos para comandar as campanhas, afinal, quanto mais aparecer, mais usuários irá atrair.

. Setor de Finanças

Outras boas opções para trabalhar na indústria das apostas esportivas são nos setores de finanças. Com milhares de contas de usuários que apostam diariamente, um alto valor de dinheiro gira nas casas de apostas, sendo fundamental que a empresa tenha uma boa equipe de finanças, profissionais responsáveis por trabalhar com a organização do setor.

Outro que podemos destacar são os serviços profissionais. E nada mais são do que o atendimento ao cliente, ação tão importante quanto as demais. Para isso, é importante ser bem comunicativo e didático, pois irá atender pessoas com os mais variados perfis. Falar vários idiomas também será um grande diferencial.

Todas essas profissões são bem vistas na indústria da aposta e fundamentais para que uma casa opere com qualidade, oferecendo ao seu cliente uma boa experiência e ganhando mais e mais pessoas a cada dia.

Freelancer Vs Empregado

Uma das formas de trabalho que mais crescem no mundo é o Freelancer, que é um profissional autónomo, podendo atuar em diversas áreas e projetos. Atualmente, essa é a forma de ingressar no ramo das industrias de apostas, pois como a regulamentação das empresas no Brasil ainda não é oficial, por ser um projeto de lei, por enquanto a maneira de trabalhar nas casas de apostas é como freelancer.

Perguntas frequentes

Se você se interessou pelas opções de trabalho na indústria esportivas, algumas dúvidas devem ter surgido. Portanto, deixaremos abaixo algumas perguntas e respostas frequentes, buscando sanar as dúvidas mais comuns, confira.

. Devo investir em cursos?

Assim como em todas as áreas profissionais, os cursos sempre são bem-vindos, afinal, especializações nunca são demais. Se você pretende entrar na área do marketing, a faculdade é um ponto importante. Se quer ser um negociador, cursos na área também são fundamentais. Em caso de analistas, a especialização na modalidade é um diferencial. Para os programadores, informática avançada é obrigatoriedade.

. Posso apostar trabalhando na indústria?

Depende muito da sua função. Um negociador, programador, pessoas que trabalham no marketing ou analistas, podem sim apostar, porém, fora do seu tempo de trabalho. E, em hipótese alguma, usufruindo de opções que possam burlar a aposta.

. Posso assistir a jogos de graça?

Dependendo da sua função, a empresa pode sim te dar ingressos para eventos esportivos, variando claro de cada uma delas. Quem trabalha diretamente no evento são os profissionais que fazem a atualização em tempo real, muito utilizado em casas com apostas ao vivo.

Este profissional deve estar atento ao jogo para que cada situação seja computada no exato momento, sem erros e com agilidade. Cada ato em campo é repassado para uma central, na qual opera o sistema com a atualização da partida e suas odds.

. Quais os requisitos para entrar na indústria esportiva?

O primeiro passo é gostar do segmento. É muito importante que goste de esportes e entenda sobre eles para desempenhar papéis com ligações diretas nas modalidades. O segundo passo é a especialização na área. Existem muitas opções para entrar no mercado e, cursos como marketing, administração, áreas de comunicação e programação são bem-vindos ao setor.

. E se eu não gostar de esportes, posso trabalhar no segmento?

Sim, você pode trabalhar na indústria esportiva mesmo se não gostar do esporte. Um exemplo é a área de marketing, na qual não é necessário entender de esportes, mas sim ter a especialização na área, ser criativo e comunicativo. Este é apenas uma das funções que você poderá desempenhar mesmo sem ser um fã de esportes.

. Como usar minhas habilidades de outras profissões nesta indústria?

Sim, com toda certeza. Afinal, habilidade e conhecimento nunca é demais, e é possível associar competências de outras funções também no mercado da indústria esportiva. Por exemplo, uma pessoa que se dá bem com outras, que é comunicativa e mantém um bom relacionamento, pode desempenhar a função de atendimento ao público no suporte. Se for fácil para negociações, pode assumir funções diretas na busca por bons negócios para a empresa.

. Quanto posso ganhar trabalhando na indústria esportiva?

Tudo depende da sua função exercida. Cada cargo tem a sua base salarial, na qual alguns vão ganhar um valor aceitável, médio, e outros acima do mercado. Vale ressaltar que a sua competência também reflete diretamente no valor, afinal, se você executa o trabalho com êxito, melhor que os outros profissionais, com certeza o ganho será melhor, pois será mais valorizado.

 

Foto crédito: Annie Spratt /Unsplash