10 curiosidades sobre a K-League, a Liga de Futebol Sul-Coreana!

A K-League é a liga que corresponde a 1ª divisão do futebol da Coréia do Sul. E em meio a pandemia do coronavírus, o mundo dos esportes se volta para ela, já que será uma das primeiras competições com “maior” credibilidade a voltar a “normalidade”.

Com 27 rodadas, a competição chama a atenção pela alta média de gols, ultrapassando a marca de 2,5 tentos por partidas em, pelo menos, as últimas três temporadas. É uma possível volta e oportunidade também para os apostadores de futebol.

Abaixo listamos 10 curiosidades sobre esta competição!

. Regulamento diferente

A competição conta com um regulamento inusitado. São um total de 12 equipes que disputam a competição em três turnos. Após as 33 rodadas, são disputadas mais 5 rodadas. Porém, os confrontos são definidos de acordo com a posição na tabela.

Do 1º ao 6º lugar jogam entre si para decidir o campeão. Do 7º ao 12º também para decidir os rebaixados, completando assim 38 rodadas. O detalhe é que a pontuação continua, num acúmulo de pontos.

. Adaptações para a volta

Para o início da competição, após reduzir drasticamente o número de casos de coronavírus no país, serão necessárias algumas mudanças e adaptações. A primeira delas é no número de rodadas.

Como a competição era para iniciar em fevereiro, serão disputados “apenas” dois turnos, excluindo o terceiro. Após isso, será realizado o mesmo processo das cinco rodadas finais, de acordo com o posicionamento da tabela.

Outra questão é que, mesmo com a situação do vírus sob aparente controle, os jogos num primeiro momento serão com portões fechados, e sem prazo para o retorno da torcida aos eventos. Como prevenção, os atletas ainda serão testados antes da realização de cada partida. E, e em caso de resultado positivo, toda a equipe ficará em isolamento sem poder atuar por, no mínimo, duas semanas.

. Torneio chega com tricampeão

Jeonbuk Hyundai é o atual tri-campeão!

O Jeonbuk Hyundai Motors, além de ser o maior campeão Sul-Coreano com sete conquistas – empatado com o Seongnam FC – é atualmente a maior força do país. A equipe venceu as últimas três temporadas da competição. Agora vai em busca do seu 8º título no geral, para se isolar no ranking de conquistas.

. Prevenção em cidade que foi o epicentro do vírus no país

A equipe do Daegu, localizado na cidade que foi o epicentro do vírus, jogará as primeiras rodadas longe de seu estádio. Isto como forma de prevenção para evitar a propagação do Covid-19.

A princípio, serão cinco jogos longe dos seu estádio.

Entre no Grupo de Whatsapp!

. Brasileiros na atual edição

São dez brasileiros na K-League. Entre eles os atacantes Gustavo e Jonatan Reis, e o meia Rômulo, no Busan. O atacante Edgar Silva e o meia Cesinha, que atuam no Daegu.

Também Adriano, atacante do FC Seoul, e Willyan e Felipe Silva, atacantes do Gwangju. O meio campista Murilo Henrique, do Jeonbuk Hyundai, e o atacante Júnior Negão, do Ulsan Hyundai.

. Sobre a K-League

Fundada no ano de 1983, o órgão responsável pelo Campeonato Sul Coreano é a AFC, a Confederação Asiática de Futebol. O nome K-League 1 começou a ser utilizado apenas a partir do ano de 1998.

. Maior artilheiro de uma edição da K-League

O maior artilheiro em uma edição da Campeonato da Coréia do Sul é o montenegrino Dejan Damjanović. No ano de 2012 ele anotou 31 gols com a camisa do FC Seoul.

Ele disputou o total de 42 partidas, ficando com uma média de 0.74 gols por duelo. Na média, ele empatou com Yoo Byung-Soo, do Incheon United, que anotou 22 gols em 28 jogos no ano de 2010.

. O maior estrangeiro da competição!

O maior estrangeiro que já atuou na K-League certamente é el: Dejan Damjanović. Vale ressaltar que estamos aqui falando do desempenho do atleta na competição.

Além de ser o maior artilheiro dentro de uma única edição do Campeonato Sul Coreano, e ter a maior média de gols em uma temporada, o montenegrino já foi o goleador máximo da K-League em três oportunidades seguidas. Nos anos de 2011, 2012 e 2013.

Dejan Damjanović chegou a liga em 2007, atuando pelo Incheon United. De 2008 até 2013 e 2016 a 2017 defendeu as cores do FC Seoul. Em 2018 foi para o Suwon Samsung Bluewings onde atuou por dois anos. Agora, em 2020, está no Daegu FC.

. Onde acompanhar os jogos

As emissoras do Brasil não tem o direito de transmissão dos jogos da K-League. Porém, é possível acompanhar as partidas por site de streaming, como o Live Soccer TV.  Também em opções nas próprias casas de apostas como a Bet365, que tem o seu próprio sistema de streaming e passa os mais diversos campeonatos do mundo, no modo Ao Vivo.

. Jogos na madrugada pelo horário brasileiro

São 12 horas de fuso horário entre o Brasil e Coréia do Sul. Isso significa que um duelo disputado às 16h do horário de lá, será às 4h da madrugada aqui. Porém, existem os jogos a noite na K-League, às 22h, que podem ser acompanhados às 10h no Brasil.

Aposte HOJE na K-League!

Por mais que não tenhamos muitas informações sobre o Campeonato Sul Coreano, ela se torna sim uma opção interessante para o apostadores. Excelente no mercado de gols, também é um torneio que vem sendo dominado por um clube há três anos.

Para ter ainda maiores informações sobre a K-League, fique de olho nas dicas dos especialistas para os principais duelos.

Crie uma conta na Bet365!

Uma das casas de apostas mais conceituadas no mercado é a Bet365. Empresa séria e de confiança, para se cadastrar nela é muito rápido e fácil! Você pode utilizar esta plataforma seja pelo computador, tablet ou smartphone.

Para criar uma conta na Bet365, primeiro clique aqui para ser redirecionado ao site oficial da casa de apostas. É uma das casas de apostas mais confiáveis do setor!

No canto superior direito temos a opção “registrar”. Será aberta uma nova aba com três passos. Primeiro, preencha as informações de conta, como nome de usuário, senha e e-mail. No segundo passo é a hora dos dados pessoas, como o nome, data de nascimento e suas informações pessoas, como por exemplo o CPF.

Na terceira e última etapa é a hora de colocar os números de telefone e seu endereço. Assim a sua conta estará criada! Basta fazer o primeiro depósito para começar a operar no mundo das apostas esportivas.

Para se cadastrar numa casa de apostas é necessário ser maior de idade, ou seja, ter pelo menos 18 anos de idade.

Wesley Contiero

Natural de Lins, interior de São Paulo, sou formado em jornalismo pela Universidade do Sagrado Coração, de Bauru-SP. Já realizei e continuo realizando diversos trabalhos na área esportiva, entre eles, coberturas de eventos nacionais e internacionais. No mundo das apostas desde 2014, ingressei na Go Apostas em 2019 e de lá para cá venho elaborando diversos artigos e análises para o site, em especial com prognósticos para futebol, basquete e MMA. Para me conhecer um pouco mais, confira o meu Instagram no @wesleycontiero.

Notícias mais recentes