A importância da gestão de banca nas apostas esportivas

A falta de administração e planejamento é a principal causa da quebras de empresas e empreendedores. Atividade mais do que necessária, quem não possui uma gestão adequada, com planejamento à longo prazo e segurança, as chances de ficar no vermelho são grandes. E no mundo das apostas esportivas não é diferente.

A gestão de banca nas apostas esportivas é que irá ajudar a chegar aos lucros de forma calculada, sem loucuras e com riscos maiores. Além de ajudar em momentos de crise nos palpites, a famosa bad-run, fase inevitável na vida de qualquer apostador.

Uma boa gestão de banca é a chave para o sucesso a longo prazo. Mas para que ela seja bem feita é necessário muita fidelidade as estratégias escolhidas e um bom poder emocional.

Nós, da Go Apostas Brasil, preparamos um artigo completo e interessante para você sobre o assunto. Então se liga como fazer uma boa gestão de banca e conseguir melhorar os lucros à longo prazo.

O que é uma gestão de banca?

Para fazer uma gestão de banca, existem várias técnicas e maneiras. Ela sempre varia de acordo com o perfil de cada apostador. Algumas pessoas preferem realizar apostas mais seguras, com ganhos menores, porém, menor possibilidade de perda. Outros gostam de se arriscar mais, com apostas e desafios maiores, o que leva a mais riscos para a sua banca.

E a gestão de banca nada mais é do que você gerir de forma equilibrada todo o montante que possui. O primeiro passo para gerir é separar um valor de todo que possui, para as apostas.

Vale ressaltar que essa quantia deverá ser um montante real.

Por exemplo, não adianta pegar o dinheiro de uma conta, algo que irá fazer falta ou precisará utilizar. Separe uma quantia de acordo com a sua realidade financeira.

Esse dinheiro deverá ficar “guardado” como um investimento e, como todo negócio, devemos ter em mente que existe o risco de não obter sucesso. Devemos sempre pensar nessa quantia como um dinheiro que será investido. Seu retorno somente irá chegar à longo prazo.

Um exemplo com um montante de R$ 1.000,00 (mil reais). Vale novamente ressaltar que o montante será de acordo com o que você ter de disponibilidade. Se tiver R$ 100,00, ótimo também. Com esse valor em conta numa das dezenas casas de apostas, é hora de separar as unidades de apostas. Questão que explicaremos abaixo.

Betway Brazil Sports Banners

Unidades para gestão de banca

As unidades são os valores da sua aposta. É um termo que os profissionais do ramo de apostas esportivas preferem utilizar já que é mais fácil de se trabalhar. Usa-se o termo no lugar do Real (R$). Também é entendido que dessa forma, e emocionalmente, tira a pressão pelo resultado positivo.

A unidade é o que moverá o dia a dia das suas apostas. É de acordo com ela que definiremos o valor a ser apostado. Para o nosso exemplo fictício com uma banca de mil reais, utilizaremos 50 unidades. Divididas terão um valor de R$ 20,00 (vinte reais) cada uma das unidades. Ou seja: 50 x 20 = 1000.

Vale lembrar que esse valor varia de acordo com o SEU  montante disponível. E seja ele um valor baixo, médio ou grande. Com o montante, o valor e divisão das unidades, chegou a hora de definir as Stakes, que são as entradas em cada aposta esportiva.

Como trabalhar com as Stakes?

As Stakes são as entradas, sejam elas em apostas pré-jogos ou lives, não importando a modalidade esportiva. Cada aposta que você faz é uma entrada e aqui vai uma dica: procure por apostas simples, escolhendo apenas uma equipe vencedora ou uma situação de jogo, como o número de cantos ou gols. Fuja das múltiplas, pois elas elevam o valor das odds, porém, aumentam os riscos de reds. E, a longo prazo, dificilmente você se dará bem. 

Com o valor das unidades definidas, é necessário que sejam divididas as suas Stakes. Um exemplo de entradas é dividir de 0,5 até 3 unidades – uma variação de valores entre R$ 10,00 até R$ 60,00 reais (isso no nosso valor de mil reais como exemplo). É completamente importante seguir esses números. Com uma entrada mínima, de 0,5 unidades, e a máxima de 3 unidades em qualquer hipótese. Jamais isso pode ser modificado.

Betway Brazil Sports Banners

Você deve estar se perguntando como saber o valor da sua entrada, já que dividimos a mesma nas unidades. A resposta é simples e pessoal, varia de acordo com a confiança do apostador. A dica é dividir em três níveis de confiança, que são: pouca (0,5 a 1 unidades), média (1,5 a 2 unidades) e grande (2,5 a 3 unidades).

Ou seja, no nível pouca apostar R$ 10,00 ou R$ 20,00. No nível médio de R$ 30,00 a R$ 40,00. E no grande de R$ 50,00 a R$ 60,00. Dessa forma, você saberá o valor da banca, de cada unidade e também o que irá apostar de acordo com o nível da sua confiança no palpite. A dica é sempre fazer a sua análise ou procurar por análises das partidas, pois dessa forma poderá confirmar o nível da sua confiança com a lógica. Olhando os números recentes, desempenho das equipes e o histórico entre elas.

Stakes nas apostas

Num exemplo simples. Barcelona e Granada se enfrentam pelo Campeonato Espanhol. Se você estiver bem confiante e as análises forem boas, poderá optar por uma aposta alta, com o máximo de 3 unidades, correspondentes a R$ 60,00 no nosso exemplo fictício.

Agora se a partida for o clássico diante do Real Madrid e, você julgar que a aposta tem valor, mas com alto risco, deve optar pelo nível baixo de confiança. Ou seja, 0,5 ou 1 unidade de aposta e, assim, uma entrada mais segura.

Para apostas que a confiança seja boa, mas não com um nível muito elevado como, por exemplo um jogo entre Juventus e Fiorentina, opte pela média, e aposte o valor correspondente da unidade, 30,00 ou R$ 40,00.

Um dos segredos é ser completamente fiel a sua gestão. Não adianta você estar com o nível de confiança bem elevado e querer colocar 5, 10 unidades a mais, para tentar aproveitar a fase boa. Pode ter certeza que o tiro vai sair pela culatra.

O apostador tem que seguir fielmente a sua gestão. Somente dessa forma e seguindo suas normas, terá um profissionalismo, e não trabalhar as apostas de forma amadora. Esse é um dos principais segredos no mundo das apostas esportivas e recomendamos fielmente você seguir. Tenha um bom planejamento e aposte de acordo com a estratégia inicial.

E quando vem a Bad Run?

Esse é o verdadeiro pesadelo que assombra todos que seguem no ramo das apostas esportivas. A tal da Bad Run! Na tradução livre, uma “corrida ruim”. O que seria resultados negativos em sequência.

A Bad Run pode durar um, dois, três dias ou mais, chegando até mesmo a meses. Não existe um prazo certo para ela, a única certeza é que ela vem. E isso não importa o quão bom você seja como apostador, todos sofrem com isso uma hora ou outra. Faz parte do jogo e da experiência.

E engana-se quem pensa que apenas amadores caem nessa. Até mesmo os apostadores mais experientes sofrem com essa questão. Se analisarmos um gráfico de apostas dos jogadores, poderemos observar que uma hora ou outra a Bad Run está presente.

Porém, o que diferencia o apostador profissional do amador, é a forma como lida com ela. Quando ela chegar você terá que ter um controle emocional forte e, é ai que entra a gestão de banca. Se você tem o controle da sua gestão, não irá entrar em desespero.

Ela será a forma como você irá se apoiar no emocional. Não irá deixar entrar em desespero, e fará você recuperar o que perder, pois, caso contrário, irá prolongar o período da mesma.

Um erro clássico desse período é quando o apostador começa a entrar em uma sequência ruim e busca recuperar todo o prejuízo de uma vez. Ele abre mão do valor das suas unidades e entradas, arriscando um valor mais elevado, com apostas ousadas e um risco bem maior.

É assim que muitos acabam quebrando a sua banca. Muitos, inclusive, perdem toda a confiança no segmento das apostas esportivas, e abandonam o mundo das apostas.

Uma dica para esse momento é ocultar o seu saldo, passando a apostar seguindo as suas estratégias de gestão sem olhar o valor. Dessa forma, o seu psicológico vai agir ao seu favor. E evitando que venha a vontade de tentar recuperar tudo de uma vez e saindo do seu planejamento.

O objetivo das apostas não é sempre vencer. Afinal, isso é impossível. O que todos precisam ter na cabeça é que o objetivo deve ser o lucro, então mesmo que esteja na Bad Run, deverá manter as suas estratégias com calma e então buscar sair da mesma. Você pode sim ter três meses ruins, porém, o importante é que na soma total você feche no azul, atingindo o valor esperado.

Caso a Bad Run se mantenha por um longo período, consumindo cerca de 40%, 50% da sua banca, a ideia é recalcular os valores das suas unidades e entradas e, assim, retomar o controle da gestão. Faça como um recomeço, e quando conseguir atingir o seu valor novamente, recalcule mais uma vez.

Mantenha o emocional nas apostas esportivas!

O emocional é o verdadeiro divisor de águas entre o apostador profissional e o amador. É nesse momento que podemos perder o controle.

O lado emocional pode agir tanto no momento bom como no ruim. As vezes estamos vivendo uma grande fase, ganhando tudo, elevando a confiança ao nível máximo. São nesses momentos que vem um erro comum: aumentar a stake. Esse é o primeiro passo para começar a quebrar, portanto, mantenha o psicológico forte na sua estratégia, não importa a sua fase.

Da mesma forma, quando está em uma fase ruim, que as coisas não vêm dando certo, não devemos modificar o valor da entrada, como já explicamos na Bad Run.

O maior desafio de uma rotina de apostas é não se empolgar e nem ter medo. É preciso conquistar um equilíbrio emocional, mesmo que essa situação seja bem delicada. Ou seja, se você está bem ou mal, não deve modificar as suas entradas, valores de unidades e nem mercados.

Se você é um apostador que vem de bons resultados, seguindo uma linha de análises a dias, meses ou anos, mas está passando por uma fase complicada, seja ela de um, dois ou até três meses, mantenha as suas análises, mesmo na fase difícil.

Você deve procurar acreditar sempre no seu potencial, mesmo sendo algo difícil nos momentos mais complicados.

Betway Brazil Sports Banners

Caso o apostador não esteja conseguindo sair dessa fase, uma dica é dar uma pequena pausa, seja de um, dois ou três dias, procurar descansar um pouco a cabeça e se preocupar com outras atividades. Porém, o ideal é não procurar fazer uma pausa longa, já que isso poderá prejudicar o seu ritmo, mas sim um curto período, apenas para se preocupar com outras situações e afazeres.

Uma situação bem comum de descontrole emocional é nas apostas em live, ou seja, entradas ao vivo. Por exemplo, você apostou no time A e o mesmo tomou um gol. O apostador se desespera, e então faz uma aposta contrária para tentar “salvar” a aposta.

Isso não é recomendado, pois agindo no impulso você poderá acabar entrando em uma fria. O apostador só deverá fazer uma nova entrada em caso de identificar uma oportunidade de aposta real, com base em análises sensatas, e não apenas no emocional, pois o mesmo deve ser deixado de lado em uma aposta.

O segredo é manter a calma, concentração e esperar as oportunidades. Se elas não vierem, assimile isso, não se desespera e siga com as suas técnicas e estratégias de gestão de banca.

Conclusão

Para ter sucesso a longa prazo no segmento de apostas esportivas, é fundamental que se tenha uma boa gestão de banca, seguindo a mesma fielmente. Trace a sua estratégia de acordo com o seu montante disponível, calculando o valor das suas unidades e stakes.

Assim como é importante ter uma gestão de banca, também é fundamental o fator emocional, afinal, a Bad Run virá uma hora ou outra, e você precisa estar com o seu psicológico preparado para ela.

Conseguindo seguir fielmente a sua gestão de banca e também controlando o seu lado emocional, o apostador tem tudo para conseguir sucesso no mundo das apostas, e a longo prazo obter ótimos lucros fazendo o que gosta, apostar.

 

Foto crédito: Dmitry Demidko / Unsplash

Guias mais recentes